Nasce a Rede de Engenheiros e Arquitetos de Língua Portuguesa

Já existe uma Rede de Associações de Consultores no Espaço de Língua Portuguesa, constituída por Portugal, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. O nascimento formalizou-se no Porto, no decorrer do seminário de balanço do “Projeto Engenharia e Arquitetura no Mundo”.

“O mundo lusófono da consultoria de engenharia, arquitetura e ambiente vai estar, pela primeira vez, junto, numa rede que servirá para que as empresas destes sete mercados possam aprender umas com as outras, ajudando-as a evoluir e sobretudo para que, em conjunto, possam detetar oportunidades de crescimento” afirma Jorge Meneses, presidente da APPC. “Este era um sonho antigo que agora se cumpre com a criação da rede e de uma plataforma eletrónica própria que servirá para a partilha de conhecimento e de informações relevantes”, conclui.

Portugal, através da Associação Portuguesa de Projetistas e Consultores (APPC) incentivou a criação desta rede e do cumprimentos de outros objetivos do projeto, como a realização de estudos de perfis de mercados emergentes de alto potencial como Argentina, Colômbia, Marrocos, México e Perú); a promoção do setor junto das multilaterais financeiras; a criação de uma plataforma informática de fornecimento de conteúdos e ainda suportes de comunicação, como um filme sobre as realizações do setor.

Cofinanciado no âmbito do Compete 2020, implementado pela Associação Portuguesa de Projectistas e Consultores (APPC) este projeto visa apoiar a internacionalização do setor empresarial da consultoria de engenharia, arquitetura e ambiente, através da capacitação das pequenas e médias empresas (PME), para aumentar as exportações de serviços e, simultaneamente, aumentar a notoriedade do setor no exterior.

Compartilhe nas redes sociais

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas notícias